"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível." São Francisco de Assis

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

X Encontro Sementes do Amanhã: Juventude Franciscana pelos caminhos da Paz

            Protagonismo, cooperação e integração foram a tônica do X Encontro Sementes do Amanhã, que reuniu mais de sessenta jovens das escolas franciscanas de Porto Alegre e Região Metropolitana na Escola de Educação Básica Rainha do Brasil, na sexta-feira, 02 de outubro.

            Com o propósito de vivenciar dinâmicas e refletir a partir da temática “Juventude Franciscana pelos caminhos da Paz”, uma equipe formada por educadores representantes das escolas franciscanas de Porto Alegre, da qual participou um estudante representante de cada instituição, planejou e organizou as atividades que seriam desenvolvidas ao longo do evento.

            Após o credenciamento e acolhida, com o Hino Brasileiro em LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais), a cargo da Escola Frei Pacífico, os jovens participaram de dinâmicas de integração e cooperação conduzidas pelo Professor Ubiratan da Luz, da Escola Rainha do Brasil, a partir das quais, o grupo refletiu à luz da temática do evento.

            O momento de oração teve como ponto forte a apresentação da peça “O lobo de Gúbio”, por estudantes da mesma Escola.

            A grande movimentação, animação e socialização da manhã ficou por conta da “Caça ao tesouro”, atividade na qual as escolas, misturadas e divididas por cores, executaram tarefas em equipe, sempre em torno da “Paz” e seus caminhos de concretização. Ao final desta atividade, as equipes montaram os quebra-cabeças, com as peças encontradas durante o trajeto, que formaram as imagens de protagonistas da Paz – São Francisco, Santa Clara, Papa Francisco, Gandhi, Martin Luther King e Madre Teresa de Calcutá - e ao centro, Cristo, como modelo inspirador.

            Após o almoço no Convento dos Capuchinhos, transcorreu o momento de recreação, no qual os jovens puderam jogar livremente, conversar e interagir.

            O desafio da tarde foi “construir” a Paz pelos “caminhos” do Artesanato, Dança, Música, Teatro e Tecnologia, em oficinas mediadas pelos educadores Geraldino Danieli, Jaqueline Pagote, Fabiane Martins e Luciana Steques, da Escola Rainha do Brasil e Rossana Reginato , da Escola Nossa Senhora do Brasil. A produção destas oficinas foi socializada com todos os participantes.

            A oração final de São Francisco ficou a cargo da Escola Frei Pacífico, em LIBRAS.

            Agradecemos a participação de todos que contribuíram para o êxito deste evento, em especial dos jovens que participaram da equipe de organização.

 

Maira  de Oliveira Quintana

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Celebração Inter-Religiosa













No dia 30 de setembro, sexto dia da Novena em preparação à festa de São Francisco, na Igreja São Frâncico de Assis, Porto Alegre,  houve  Celebração Inter Religiosa,   com o tema: Com diálogo e respeito às diferenças  construiremos a Paz.  A celebração reuniu  significativo número de representantes de diferentes credos, e  bom  número de fiéis, das diversas  crenças,  constituindo-se em sinal visível de construção conjunta da paz.

Previamente preparada, em adequado  espaço sagrado  para a temática,  destacavam-se papeletas com a palavra PAZ nos mais  diversos  idiomas, que proclamavam  a beleza  e o anseio de Paz.

O pároco Fr.  Orestes, A. Serra -  OFM,  foi conduzindo a celebração, enquanto cada  convidado representante da respectiva  Instituição fazia sua fala,  destacando aspectos de sua fé, princípios, estratégias,  mensagem orante,  no caminho de construção da PAZ.

São Francisco de Assis, o mensageiro da PAZ, foi lembrado como a pessoa que vive e transmite a paz, implora a paz de Deus “Que o Senhor te dê a paz” (cf Num 6,26), e envia seus seguidores a serem o mesmo.

Os elementos que mais emergiram foram: a fé na sua divindade, ligada ao compromisso com o irmão;  o amor a Deus,  a paz como compromisso artesanal, compromisso feito de gestos pequenos,  fortalecimento do diálogo, da escuta,     do respeito pelo diferente;  respeito pelo ser humano; a busca de elementos que unem; a soma das diferenças;  o empenho na superação  dos obstáculos que destroem a paz e ameaçam  a segurança humana. 

A paz não pode acontecer sem a justiça, sem a justa distribuição de bens que possibilitem condições de vida digna para todos.

A certeza de que a paz é dom de Deus e tarefa humana. A   importância de sermos pessoas de paz, que promovem a paz consigo mesmos, com os outros e com todas as criaturas.

O Papa Francisco foi citado como pessoa especial, como  líder religioso comprometido com a paz do mundo.  Profeta de nosso tempo, por suas  iniciativas, pelas buscas de diálogo, de mediações, de viagens, de  aproximações entre os contrários. Com profundo  respeito  pelo diferente e com sábia  criatividade ele consegue superar  barreiras e gerar iniciativas através de  gestos  concretos de paz. 

Deus seja louvado, pela oportunidade de nos encontrar e orar no espírito de São Francisco de Assis. Que estas iniciativas nos ajudem no  crescimento  da unidade como pessoas que acreditam que um  mundo novo é possível.   Que todos possamos ser pessoas de bem, conduzidas pelos princípios básicos de sua religião, animados pela fé no Deus que está presente em tudo e em todos.

Ir. Lourdes Mantovani – CIFA
 

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Assembléia Regional Eletiva da CFFRS

No dia catorze de setembro de dois mil e quinze  aconteceu a Assembleia Regional Eletiva  da Conferencia  da Família Franciscana  do Rio Grande do Sul,  no Convento São Lourenço de Brindisi, dos Frades  OFM Cap, com início às nove horas.  O tema da Assembleia foi: “Ano da Paz - Desafios para a Vida Religiosa Consagrada Franciscana”. Iniciou com a celebração eucarística presidida por Frei Adelino Gabriel Pilloneto OFM Cap que, na homilia, desenvolveu a temática, trazendo  uma rica reflexão sobre o compromisso franciscano com a Paz.  A paz deve ser expressa e traduzida em gestos pequenos de cada dia, nas relações fraternas com os mais próximos e com  quem encontramos em nossa missão e na vida diária. Um grande desafio para cada franciscana e franciscano é assumir a minoridade. Como expressa o Evangelho, em (Lc 22, 26)  “O maior seja como o menor, e quem manda, como quem serve. Após a celebração, foram analisadas e refletidas as Prioridades da CFFB para o próximo quadriênio. A partilha, a partir das  Prioridades, desencadeou uma reflexão significativa dos participantes, propondo estratégias,  ações e gestos concretos, como o de marcar presença junto aos movimentos, discussões e serviços, diálogo com as realidades de hoje e  reflexão sobre os problemas sociais, de maneira  que o  nosso agir   tenha uma dimensão Profética. Foi lembrado que a Campanha da Fraternidade 2016 será Ecumênica e terá por tema: “Casa Comum, nossa responsabilidade" onde nós como Família  Franciscana teremos espaço propício para ações concretas. Foi sugerido  nos  inseríssemos em  ações comuns, já existentes e /ou outras viáveis a serem realizadas; que os leigos engajados em nossa vida e missão fossem aproveitados e desafiados para abraçar a causa. Frei Arno Frelich- OFM, a pedido da Assembleia, fará uma proposta de objetivo, por escrito, a  ser encaminhada para o Regional. A tarde iniciou com as seguintes comunicações: ESTEF- o Fr. José Bernardi, Diretor, trouxe à memória os diferentes cursos realizados pela ESTEF com o apoio da Família Franciscana; comunicou também que, em vista  dos 30 anos da ESTEF, dos 50 anos de CFFB, dos 50 anos de criação da Província dos Frades OFM do RS  e dos 120 anos de presença dos OFM Cap no RS, está sendo planejado  um Simpósio de Teologia Franciscana- de    26 a 28 de setembro de 2016 sendo Dom Claudio Hummes OFM o  convidado  para a celebração de encerramento.  Entre as diversas atividades previstas, haverá um painel com representantes de todas as Congregações Franciscanas presentes no RS,  para apresentar a sua Memória, Identidade e Missão, devendo, portanto, cada Congregação confirmar a sua participação até o dia 30 de setembro próximo, para a elaboração do Folder. AEFRAN-  Ir. Lourdes Mantovani falou um pouco sobre o histórico do Curso de Acompanhamento  Espiritual Franciscano – sendo o próximo, o 8º Curso, previsto para 18/01/16 a 26/02/16.   Programação do Regional-  Ir. Rosemaria Jaschke – relembrou a programação  para o final deste ano e apresentou a previsão para 2016, que cada participante recebeu em sua pasta. Em seguida, foram apresentados os relatórios:  JUNIFRAN- Irmã Girlane Menezes(CIFA) , relatou o encontro   que aconteceu   de 07 a 09 de agosto na Casa Mãe (CIFA), Porto Alegre com o tema “Como revelar o rosto da Vida Consagrada Franciscana no mundo”, assessorado por Frei Rubens Nunes Motta OFM Cap, tendo sido avaliado como muito positivo.   NOVIFRAN –  Irmã Inga Bernadete Neumann (FPCC) relatou o encontro que aconteceu no Convento Monte Alverne em São Leopoldo, de 31 de julho a 03 de agosto, com o tema: “Vida Fraterna”, assessorado por Irmã Leila Lucini (CIFA) , sendo avaliado como positivo para a caminhada vocacional dos noviços e noviças.  SAV- Fr. Laércio Duminelli da Luz ( OFM Cap ) representante do Serviço de Animação Vocacional, não pôde estar presente. Irmã Inga , falou sobre as atividades previstas; entre outras,  a Semana Vocacional Missionária que acontecerá de 21 a 26 de setembro na Paróquia da Imaculada Conceição, no Bairro Rio Branco, em  Canoas.  OFS- por motivos de saúde,  Izabel  Teixeira, justificou a sua ausência.  Foram partilhados depoimentos, pelos presentes, sobre diversas fraternidades no Regional. JUFRA- não estava representada na Assembleia , há necessidade de rever a assistência e acompanhamento no Regional. EDUFRAN- Prof. Antonio Pedro Dreyer relatou as atividades desenvolvidas pela Equipe de Educação:  encontros com educadores e com  os alunos das Escolas Franciscanas. Além de escolas, há também participação de entidades sociais, no caso o Centro Franciscano Pedro Chaves Barcellos de Alvorada. Falou também da preocupação das escolas  confessionais em garantir a identidade franciscana diante da tramitação do Projeto Lei nº 867/2015 .  Eleição - Seguiu-se o processo de eleição da nova equipe de coordenação  da Conferência da Família Franciscana do RS para o próximo triênio, conduzida pelo Professor Antônio, ficando assim constituída: Coordenadora: Ir. Lourdes Mantovani (CIFA), Vice-coordenadora: Ir. Rosemaria Jaschke (FB), Conselheiros: Ir. Nelsi Hoffelder (PCC),   Frei Eduardo Pazinatto (OFMcap) e Ir. Maria Rosa Sosa ( Verbo Encarnado). Irmã Idelsa Ignes Reginatti,  Ministra Geral (CIFA) agradeceu o trabalho da equipe de coordenação e desejou muitas bênçãos para o serviço do próximo triênio. Irmã Lourdes Mantovani conduziu uma breve avaliação da caminhada do dia, tendo sido considerado muito positivo o encontro pela fraternidade, participação, a  reflexão feita pelo Fr. Adelino.