"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível." São Francisco de Assis

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Estimad@s Irmãs, Irmãos, amig@s e simpatizantes do Carisma e da Família Franciscana,

PAZ E BEM !


A Equipe de Coordenação da FFB-RS vem convidar você, suas Irmãs e seus Irmãos e amig@s para o

RETIRO MENSAL QUE ACONTECE NESTE DOMINGO

2 DE DEZEMBRO NO CONVENTO SÃO LOURENÇO DE BINDESES.
HORÁRIO: 8hs as 12hs
Rua Paulino Chaves,291 - Santo Antonio

Abraço Fraterno
Equipe de Coordenação


quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Familia Franciscana do Rio Grande do Sul


Equipe de Educação






Prezado(a) Diretor(a),


PAZ E BEM!


A Equipe de Educação da Família Franciscana – RS comunica a agenda dos encontros de 2013 para que o(a) senhor (a) contemple no calendário de 2013 da sua instituição:


Dia: 15/06/13 – Encontro dos Educadores Franciscanos.

Local: Colégio Maria Imaculada - Porto Alegre – RS

Dia: 04/1013 – Encontro Sementes do Amanhã.

Local: Colégio Maria Imaculada – Porto Alegre - RS

No início do ano letivo de 2013, enviaremos outras informações.

Abraço fraterno,
Prof. Antonio Pedro Dreyer

Pela EEFFB-RS

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Porto Alegre, 10 de setembro de 2012.
Estimad@s Irmãs, Irmãos, amig@s e simpatizantes do Carisma e da Família Franciscana,

PAZ E BEM !
A Equipe de Coordenação da FFB-RS vem convidar você, suas Irmãs e seus Irmãos e amig@s para o CURSO DE FRANCISCANISMO DA FFB-RS
Data: 07 a 18 de janeiro de 2013, na Casa de Retiros São Bernardino

Temas:

1- Justiça, Paz, Ecologia e Meio Ambiente

Assessores: Frei Orestes Serra, OFM e Frei Blásio Kummer, OFM

2- Relações Fraternas Francisclarianas

Assessora: Ir. Mônica de Azevedo – PCC

Início: dia 07 de janeiro de 2013, com a janta.

Término: dia 18 de janeiro, com o almoço.

Local: Casa de Retiros São Bernardino

Estrada Passo do Morrinho, 2335 – Bairro Fiúza

Viamão -RS

Telefones: (51) 3108-8942/ 3485-1933/ 9972-5266

Inscrições: com Ir. Rosemaria Jaschke, IFB

Email: rosejmaria@gmail.com

Rua Monroe, 133

CEP - 90810-220 - Porto Alegre, RS

Fone: (51) 3232.4819 – 97080599

Valor da diária: R$ 60,00

Valor da Inscrição: R$ 65,00

As Inscrições devem ser feitas até o dia 20 de dezembro de 2012.
Sejam tod@s bem-vind@s!!!

Fraternalmente,
Ir. Rosemaria Jaschke

terça-feira, 16 de outubro de 2012

7º SEMENTES DO AMANHÃ


Nós, Estudantes Franciscanos, reunidos no Sétimo Encontro Sementes do Amanhã, realizado na Escola Nossa Senhora do Brasil, movidos por nossa inquietação como jovens e com uma grande vontade de contribuir para a transformação de nossa sociedade, aprendemos no dia de hoje a:

- respeitar as diferenças;

- conviver com pessoas novas;

- trabalhar em união;

- compartilhar com pessoas os ideais cristãos;

- valorizar os momentos importantes para a vida (companheirismo, união, confiança....);

- ter a capacidade de provocar mudanças e aprender o que é ser jovem.

Por outro lado, desejamos encontrar em vocês Educadores e Escolas Franciscanas que:

- proponham mais atividades de integração entre os jovens;

- sejam mais compreensíveis diante dos nossos comportamentos e ações;

- sejam nossos companheiros;

- tenham mais paciência conosco.

Por fim assumimos no dia de hoje como mensagem central para nossas vidas:

- ser franciscano é conseguir acreditar no outro e ajudar a sociedade, não em palavras, mas em ações solidárias, fazendo com que o “outro” acredite que pode criar condições para desenvolver-se como pessoa de forma autônoma;

- aprender a dar o valor ao que se possui;

- não julgar o outro sem antes conhecê-lo.

Porto Alegre, 04 de outubro de 2012

Festa de São Francisco de Assis




7ª Semento do Amanhã - Paródias












Ei, você jovem preste atenção,


faça a diferença nesse mundão

crie um universo com mais

amor, felicidade, igualdade, solidariedade

vem meu irmão.


Ser jovem é ser feliz, fazer a diferença,

sonhar e viver com consciência.
Autoria: Andrei Pompeo. Gabriela Fruet, Leonardo Fraga, Caroline Antoniazi, Douglas Talayer e Luis Otávio.


Queremos escutar que o mundo vai melhorar

Queremos ajudar a mudar

Tudo vai ficar bem, tudo vai se acertar.


Vamos ver as possibilidades

Ser jovem é fazer a diferença

Solidariedade, amizade

Para mudar é só ter vontade.

Autoria: Arthur Berg, Lara, Pedro Silveira, Matheus, Juan, Myla.



Caminhando e cantando seguindo a canção.

Em busca da paz, amor e união.

Espantando a tristeza, violência e solidão.

Todos nós unidos pela mesma paixão.

Espírito Franciscano é o que move nosso coração.

Ódio e preconceito são uma contradição.

Sonhando e correndo indo atrás do que quer.

Estamos movidos por uma só fé. (2x)

Autoria: Albertine Carneiro, Fernando Sartori, Luiza Souza, Caroline Farias, Derick Miller, Amanda Morn.


Com Deus na cabeça

E fé no coração

Tenha coragem

Para seguir sua profissão.


União e respeito não podem faltar

E a todos devemos saber respeitar.


Aprender a viver e a ser feliz,

com paz e esperança é o que eu

sempre quis.

Aceitando as desigualdades aprendendo a

comunicar, conheça a LIBRAS, pois faz parte do seu lugar.

Autoria: Natália Fantinel, Pedro, Roberta, helena Emily, Patrícia, Alessandra, Yanna, Vitória.


Aventureiros

Pessoas honestas e caminhos

errados ninguém sabe o que

aconteceu.

Ele quer falar o que

Todos devem aprender

Mas não querem ver

Quero colo

Quero ser amado

Sou franciscano

Semente do amanhã


É preciso ser leal

E aprender a respeitar

Porque se você parar

Pra pensar

A esperança e o que vamos plantar (2x)

Autoria: Manoela, Julia, Juliana, Bruno, Gabriela, Mariana.



segunda-feira, 1 de outubro de 2012

 Novo livro do Frei José Carlos Pedroso:
 "ABRACE O CRISTO POBRE"
Esta à venda no Mosteiro São Damião,
 Irmãs Clarissas
Rua Vicente da Fontoura, 498
 O valor do livro - 20,00.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Porto Alegre, 10 de setembro de 2012.


Estimad@s Irmãs, Irmãos, amig@s e simpatizantes do Carisma e da Família Franciscana,




PAZ E BEM !



A Equipe de Coordenação da FFB-RS vem convidar você, suas Irmãs e seus Irmãos e amig@s para o

CURSO DE FRANCISCANISMO DA FFB-RS

Data: 07 a 18 de janeiro de 2013, na Casa de Retiros São Bernardino

Temas:
1- Justiça, Paz, Ecologia e Meio Ambiente

Assessores: Frei Orestes Serra, OFM e Frei Blásio Kummer, OFM

2- Relações Fraternas Francisclarianas

Assessora: Ir. Mônica de Azevedo – PCC

Início: dia 07 de janeiro de 2013, com a janta.

Término: dia 18 de janeiro, com o almoço.

Local: Casa de Retiros São Bernardino

Estrada Passo do Morrinho, 2335 – Bairro Fiúza

Viamão -RS

Telefones: (51) 3108-8942/ 3485-1933/ 9972-5266

Inscrições: com Ir. Rosemaria Jaschke, IFB

Email: rosejmaria@gmail.com

Rua Monroe, 133

CEP - 90810-220 - Porto Alegre, RS

Fone: (51) 3232.4819 – 97080599

Valor da diária: R$ 60,00

Valor da Inscrição: R$ 65,00

As Inscrições devem ser feitas até o dia 20 de dezembro de 2012.

Sejam tod@s bem-vind@s!!!

Fraternalmente,
Ir. Rosemaria Jaschke

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

RETIRO MENSAL DA FFBrs

ESTIMAD@S IRMÃS, IRMÃOS, AMIG@S E SIMPATIZANTES
DO CARISMA E DA FAMÍLIA FRANCISCANA

PAZ E BEM!

A EQUIPE DE COORDENAÇÃO DA FFB-RS VEM INFORMAR A

VOCÊ, SUAS IRMÃS E SEUS IRMÃOS E AMIG@AS QUE

NÃO SERÁ REALIZADO O RETIRO NESTE
 MÊS DE SETEMBRO

DEVIDO A REALIZAÇÃO DO CONGRESSO CLARIANO QUE ACONTECEU NESTE ÚLTIMO FIM DE SEMANA, 20 E 21 DE SEMBRO.

DESDE JÁ AGRADECEMOS SUA COMPREENÇÃO
EQUIPE DE  COORDENAÇÃO

Fotos Congresso Clariano RS 2012

Algumas fotos do Congresso Clariano RS 2012 estão disponíveis aqui:


http://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Congresso_Clariano_(Porto_Alegre_(Brasil),_20_e_21_set._2012)

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

CONGRESSO CLARIANO DO DO RIO GRANDE DO SUL

 20 e 21 DE SETEMBRO 2012

LOCAL: ESTEF -

ESCOLA DE TEOLOGIA E ESPIRITUALIDADE FRANCISCANA;

ENDEREÇO: RUA TOMAZ EDSON, 50 - SANTO ANTONIO

Assembléia da FFBrs

Aconteceu nesta última segunda-feira, 10 de outubro, no Convento São Lourenço de Brindisi em Porto Alegre a Assembleia da Familia Franciscana do Brasil do Rio Grande do Sul. A assembléia iniciou com a Celebração Eucaristica presidida pelo Frei Doraci Tartari  que em seguida fez uma bela reflexão com o tema: Santa Clara de Assis e de Hoje - Caminho de Unidade. Após a relexão aconteceu a partilha dos serviços da FFBrs, que são:  JUFRA representada pelo Frei Franklin, SINFRAJUPE representada pelo  Frei Franklin e Frei Orestes, EDUCAÇÃO  pelo Prof. Antônio, JUNIFRAN  pela Ir. Heloísa, NOVIFRAN  pela  Ir. Zioldé e SAV. Após a partilha Irmã Rosalia pronunciou algumas palavra em nome da FFB Nacional, na qual ela faz parte da equipe de coordenação. Foi apresentado pela equipe da coordenação  o relatorio das atividades realizadas neste ano, a programação para 2013 e por fim foi tirado as sequintes  prioridades:
- Trabalhar a identidade franciscana na promoção da Festa da vida, da justiça e ecologia

- Fortalecer nosso testemunho profético de fraternidade no mundo individualista e competitivo;

- Acreditar no processo de educação para uma cultura de paz, de solidariedade em defesa da vida;

-Assumir um processo de caminhada de revitalização dos Núcleos do Interior e Fraternidades da OFS.




quinta-feira, 30 de agosto de 2012

1ª edição da Missão Ecológica Franciscana em Hulha Negra – RS

Durante os dias 24 a 26 de agosto aconteceu a 1ª edição da Missão Ecológica Franciscana em Hulha Negra – RS, numa realidade de colonos assentados, coordenado pelo Serviço Franciscano Justiça Paz Integridade da Criação (SFJPIC) da Província São Francisco de Assis - RS.

Objetivos da Missão: a) fortalecer as experiências e iniciativas ecológicas já existentes no local; b) animar e iluminar essas experiências através da espiritualidade franciscana; c) ampliar a consciência ecológica e suscitar novas iniciativas.

A Missão teve o seguinte roteiro: 1. Dia 24 (sexta-feira): momento de sensibilização em torno da crise ecológica. 2. Dia 25(sábado): desenvolvimento de 5 oficinas: a) Energia Eólica; b) Medicina Natural;c) Sementes crioulas; d) Projeto Plantio de Árvores Nativas; e) Sensibilização com crianças em torno do cuidado da natureza. 3. Dia 26 (domingo): caminhada, celebração e confraternização de encerramento da Missão.




segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Seminário Franciscano de Justiça Ambiental – Porto Alegre – 22/08/2012

Assessores:
Cíntia Barenho

Luiz Zarref

Vanessa dos Santos

14: 15 - Abertura irmãs franciscanas de Nsra Aparecida: Cântico das Criaturas.

14:25 – Irmã Rose , presidente da FFBRS, realizou a acolhida e saudação inicial. Apresentação da equipe do SINFRAJUPE. Apresentação das pessoas presentes no evento.

14:32 – Composição da mesa. Cintia Barenho e Vanessa dos Santos. Luiz Zarref não compareceu e enviou um vídeo.


1ª Painelista: Cíntia:

Durante sua fala foi mostrando fotos da Cúpula dos Povos. Destacou:

• Pra Diplomacia Brasileira e pra ONU a RIO+20 foi um sucesso. Pra nós o Documento Final não mudou nada. A ONU é composta por todos os países, mas os interesses que ela tem defendido são os interesses das empresas e de algumas corporações. Na RIO+20 isso se manifestou inclusive no patrocínio: VALE (Pior Corporação Mundial 2012) e Petrobrás (não necessariamente protege o ambiente e mascara por meio de projetos sua responsabilidade ambiental), entre outros fornecedores (Coca Cola, Braskem etc).

• A RIO+20 firmou 24 compromissos em prol do Capital Natural. Pra nós isso é mercantilizar a vida e não protegê-la.

• A RIO+20 ratificou aquilo que dissemos faz tempo: que os países mais desenvolvidos não querem abandonar sua posição cômoda.

• O Documento Final deixou inúmeras lacunas que nos beneficiam: Economia Verde, não afirmou que nosso planeta está se esgotando, PNUMA (Programa das Nações Unidas do Meio Ambiente), outros mecanismos concretos.

• Acredita-se que se tenha gasto R$ 430 milhões para realizar a RIO+20.

• A única iniciativa mais precisa foi do presidente do Equador de exploração de uma reserva petrolífera.

• Após 40 anos de discussão em torno do tema ambiental, nota-se a ausência de práticas concretas para resolver os problemas.

• A ONU segue afirmando que há uma saída para o capitalismo dentro do capitalismo e que as corporações podem fazer isso. A Cúpula dos Povos afirma que são as pessoas que podem realizar a mudança e que não podemos confiar na ONU pois seus processos não visam a democracia e a mudança.

• A Cúpula dos Povos uniu diversos movimentos em prol da vida, contra o capitalismo e o preconceito.

• Um dos eixos da Cúpula dos Povos foi “Em defesa dos bens comuns e contra a mercantilização”. Ali tratou-se de questões referente: educação, saúde, degradação ecológica, privatização da água etc

• Evidenciou alguns alertas pós Rio+20: mudança do código florestal, serviços ambientais, redução de emissão por desmatamento e poluição ambiental, Bolsa Verde, mudanças climáticas, debate da Copa e das Olímpíadas, atenção às terras indígenas e kilombolas, erradicação do trabalho escravo e infantil, necessidade de novas políticas públicas e legislação mais eficiente.

2º Painelista: Luiz Zarref – vídeo (15:10)

Trouxe um pouco das reflexões que os movimentos ligados à Via Campesina fizeram durante a RIO+20. Destacou:

• Em primeiro lugar relembrou a Eco92. Época na qual estávamos refletindo com muita fragilidade a questão ambiental. Criou-se 3 convenções: diversidade ecológica, mudanças climáticas, contra a desertificação. Na convenção das Mudanças Climáticas vimos ser criados processos de mercado em cima do meio ambiente. Numa das assembleias da Convenção de Diversidade Ecológica (2006) conseguimos algumas conquistas (terminate, árvores transgênicas). Na próxima Convenção (2008) as corporações entram com mais força.

• Na RIO+20 vimos cair a pauta ecológica. O mercantilismo transforma tudo em mercadoria. Não se discute então o meio ambiente, se discute como o capitalismo pode aproveitar o meio ambiente. O Capitalismo, em crise, procura novos mercados, tais como a natureza.

• A RIO+20 cumpriu o papel de consolidar o Capitalismo Verde, ou seja, a compreensão de que o meio ambiente só vai perpetuar se o mercado intermediar. Em contrapartida a Cúpula dos Povos denunciou a Economia Verde (ou Capitalismo Verde).

• A Cúpula dos Povos apontou para as verdadeiras soluções: a soberania e a autonomia sobre os territórios:

- soberania ambiental;

- soberania ambiental e agroecologia;

- soberania energética;

- reforma agrária;

- práticas de trabalhos “limpos” e sustentáveis.

• O maior saldo da Cúpula dos Povos é o processo de convergência: ONG’s, expressões religiosas, movimentos diversos. Convergência sem a classe dominante e sem o mercado. Convergência que produz relação crítica com o estado e com as corporações. Convergência que se estabelece pela soberania popular.

3º Painelista: Vanessa Santos (15h31)

Iniciou contextualizando a Conferência Eco92 enquanto ponto de encontro que fundamentou diversas leis: Educação Ambiental, Licenciamento Ambiental... Destacou:

• O Grupo Nacional de Articulação se reuniu e criou comitês estaduais que foram chamados a mobilizar os movimentos para a Cúpula dos Povos;

• A grande vitória tanto em 92 como agora foi a possibilidade do encontro.

• A Cúpula dos Povos foi financiada com R$ 13 milhões, bem menos que a RIO+20. Patrocinados pela Petrobrás, a fim de evitar o envolvimento de empresas que oprimem pois: “A arte que liberta não pode vir da mão que oprime.”

• No tempo em que estivemos juntos na Cúpula, conseguimos nomear o que foi o processo oficial da RIO+20 que procurou abafar evidências como o dado de que o brasileiro hoje é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo (média de 5kg por brasileiro).

• Pensando no tema deste seminário “Rio+20 e agora?”, somos convidados a fazer exatamente o que os movimentos estão fazendo hoje em Brasília: conversar, refletir, perceber como a temática interfere na nossa vida.

• “Um outro mundo é possível” desde que nós participemos.

• Algumas sugestões: Economia Solidária, agricultura familiar, dizer não aos transgênicos, participação, busca de alternativas.

• O SINFRAJUPE teve uma participação muito forte na campanha contra a Economia Verde.Na Cúpula dos Povos elencou-se três eixos denominados “Ação franciscana global”:

- Promover a autenticidade de vida (Estilo de Vida);

- Participar no projeto sobre mineração dos promotores de JPIC em Roma;

- Continuar a Campanha “Não à Economia Verde”, denunciando os problemas criados por essa proposta e buscando paradigmas alternativos para a sociedade.

• Essas definições juntamente com o Documento Final da Cúpula dos Povos são bem interessantes para percebermos o enlace dos movimentos.

15:53 – Aberto para a plenária

a) Ir. Sheila solicitou à Vanessa do SINFRAJUPE que relate o processo de reestruturação do serviço.

Vanessa colocou que a ideia é que essa reestruturação possa vir favorecer o enlace dos movimentos, que os trabalhos sejam fortalecidos. Não é possível que algum movimento social não esteja empenhado na justiça ambiental e na busca de ações que favoreçam senão a plena sustentabilidade ao menos relações harmoniosas.

b) Fr. Orestes mencionou a necessidade de partir do micro para o macro, atuando nos espaços que nos são possibilitados. Exemplificou com: a Semana Brasileira, o Grito dos Excluídos, a Economia Solidária. Lembrou também a intervenção positiva do estado favorecendo a produção e financiamento de produtos ecológicos, por exemplo. Hoje foi assinado convênio de 10 creches de Porto Alegre que vão receber alimento saudável via PAA (Programa de Aquisição de Alimentos).

c) A painelista Cíntia lembrou que há poucos dias foi assinado convênio para que diversas entidades possam participar do Programa Nacional de Alimentação Familiar. O desafio é que a agricultura ecológica/o orgânico é mais caro que aquilo que o agronegócio produz.

d) Ir. Beltriz, FPCC solicitou que as painelistas falassem mais sobre a transparência na RIO+20, a ação das corporações etc

A painelista Vanessa recordou a AGENDA21 como exemplo de uma ação que brotou da Eco92 e não apareceu no processo oficial da RIO+20.

Convidou os presentes a não aceitar a primeira versão e procurar saber mais, saber a verdade, desconfiar; a ocupar os espaços na escola, no bairro, na Igreja pra conhecer; utilizar os meios de comunicação para se informar e informar, comunicar o que está acontecendo.

e) Fr. Maloni comentou a ação dos jovens da JUFRA na Cúpula dos Povos que apareceu no FACE e em outras plataformas; na TV apareciam as passeatas dos jovens em vista da legalização da maconha. Convidou que Vanessa relate sobre a real postura dos jovens.

f) Elisa colocou que, a seu ver, falta muito que nós lutemos pela nossa parcela de poder, que participemos. Elisa está fazendo um trabalho sobre a ”Participação cidadã: um princípio em construção”

A juventude, segundo Vanessa, exerceu um papel fundamental. Foram responsáveis pelo Acampamento da Juventude (na Univ. Federal). A JUFRA esteve presente em várias plenárias e na administração do território da Juventude (Enlace das Juventudes). Entre outros gritos, os jovens pediram pra discutir a questão das Drogas no Brasil.

Sobre a participação disse que o momento é agora e somos convidados a fazer acontecer.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Vanessa agradeceu o acolhimento, manifestou sua expectativa de que ocorram outros encontros como esse.

Cíntia lembrou a ação das corporações e da posição da ONU. Sugeriu que assistamos o filme americano “As corporações” que relaciona algumas questões bem significativas quanto ao neoliberalismo. Relacionou outras questões pontuais sobre Porto Alegre: Redenção (Pepsi), Largo Glênio Peres (Vonpar – Coca cola) entre outras. Alertou para a privatização da saúde, da educação etc e se colocou à disposição para outros debates.


centrodeestudosambientais.







terça-feira, 15 de maio de 2012

Amizade

A amizade é o sol da vida

Que ilumina e dá calor;

Sem esta presença amiga

A vida não tem sabor.

A amizade é um valor

Que se traz no coração;

Ela só cresce no amor,

No silêncio e solidão.

A amizade é como a chuva

Que cai e fecunda o chão;

É como a graça que me ajuda

E renova o coração.

A amizade é um carinho,

Que nos faz o próprio Deus;

E nos mostra um pouquinho

Como é bom estar no CÉU.

(Frei Urbano Plentz,OFM)

domingo, 19 de fevereiro de 2012

FÓRUM SOCIAL TEMÁTICO E FRANCISCAN@S PELA JUSTIÇA AMBIENTAL, em Porto Alegre:

Durante o Fórum Social Temático, realizado entre os dias 24 e 29 de janeiro, Franciscanos e franciscanas promoveram uma mesa de debate, com o nome: "Franciscan@s pela Justiça Ambiental". O evento aconteceu no dia 27 de janeiro e contou com a presença de 35 pessoas, entre elas: Irmãs Catequistas Franciscanas, Irmãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã, Irmãs Franc. de Nossa Senhora Aparecida, Irmãs Bernardinas da III O. de S. Francisco, Ordem dos Frades Menores das Províncias de Santa Cruz, Imaculada Conceição do Brasil, São Francisco, Fundação Franciscana de Nossa Senhora de Fatima do Brasil, OFS – Ordem Franciscana Secular, Juventude Franciscana, e, simpatizantes que atuam no projeto de Economia Solidária e no Serviço Franciscano de Solidariedade - Sefras. Diante das graves contradições e desigualdades sociais, sobre a compreensão da Mãe Terra como fonte de lucro/exploração, a mesa de debate teve como objetivo refletir sobre as considerações do Carisma Franciscano para enriquecer a proposta de que "Um mundo melhor é possível". Em plena a realização do Fórum Social Temático, o Projeto "Franciscan@s pela Justiça Ambiental" teve a presença de franciscanos de diversas regiões do Brasil, principalmente do SUL, e a mesa contou com a Presença de Hugo Paixão (Serviço Franciscano de Solidariedade - SP) que apresentou análise do quadro Geral sobre o que é a Rio+20/Cúpula dos Povos, o histórico dos debates em torno do ecossistema e como vem sendo organizado esses eventos. Moema Miranda (IBASE-RJ), falou sobre o documento Zero analisando politicamente o que está por detrás deste documento. Frei Rodrigo Perret-OFM (Ação Franciscana de Ecologia e Solidariedade-MG) fez uma reflexão sobre qual a proposta da "Economia Verde" e qual o papel e a contribuição que os Franciscanos tem para dar nesse processo de discussão e construção de um novo modelo para a sociedade. Frei Orestes - OFM (Assessor de Direitos Humanos em Porto Alegre), mostrou o contexto dos movimentos sociais, suas mudanças e como estão organizados atualmente diante deste momento da sociedade civil. Os presentes consideraram o espaço de discussão muito positivo. Afirmaram que uma oportunidade como essa de reunir franciscanos inseridos nos mais diversos trabalhos sociais, discutindo e tomando conhecimento de assuntos tão importantes, contribui para enriquecer a caminhada e desafia a inserção social. Como desenvolver um trabalho de formação e informação a respeito da questão da justiça ambiental (que por si inclui justiça social) a partir do carisma franciscano? Como desenvolver uma metodologia que nos leve a ser presença transformadora na sociedade? Essas foram questões que ressoaram, como desafio para o trabalho e testemunho diante do carisma Franciscano.
Fórum Social Temático em Porto Alegre: O Fórum Social teve como tema: "Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental". O objetivo desse evento foi ser uma etapa preparatória para a Cúpula dos Povos na Rio+20, processo paralelo a Conferência oficial da ONU, que acontecerá em junho deste ano, no Rio de Janeiro. O evento reuniu milhares de pessoas e instituições entre sindicatos, movimentos sociais, entidades governamentais, religiosas, movimentos juvenis e outros. Em pauta diversos debates, plenárias, palestras e grupos de trabalho em torno da proposta de que "Um mundo melhor é possível".
Irmãos e irmãs da OFM, OFS, JUFRA, Congregações Femininas e simpatizantes marcaram presença e participaram ativamente entre as mais de 800 atividades. A Crise Capitalista e a Proposta de uma "Economia Verde" foram os principais assuntos discutidos nos paineis, que teve como referência um Documento proposta chamado "Draft Zero" apresentado pela ONU como rascunho do que será discutido e/ou não aprovado na Conferência da ONU em Junho deste ano, no Rio de Janeiro pelos principais lideres de governos do mundo.

sábado, 14 de janeiro de 2012

FAMÍLIA FRANCISCANA DO RIO GRANDE DO SUL

Porto Alegre, 23 de dezembro de 2011.

Queridos Irmãos e Irmãs,
PAZ e BEM!
É Natal! “O Rei dos anjos repousa numa manjedoura” (Sta. Clara)
Que o Senhor nos conceda a graça de transformar o nosso coração numa manjedoura que acolhe e revela o Deus da Vida aos nossos Irmãos e Irmãs de caminhada!
É com alegria que vimos até vocês para comunicar que o nosso CONGRESSO CLARIANO DO RIO GRANDE DO SUL acontecerá nos dias 20 e 21 de setembro de 2012, em Porto Alegre.
Local: Salão da Paróquia Santo Antônio do Partenon
Início: dia 20 de setembro, às 9h da manhã
Encerramento: dia 21 de setembro, às 18h
Assessores: Ir. Mônica Azevedo
Ir. Delir Brunelli
Frei José Bernardi

Frei José Carlos Pedroso

Hospedagem e refeições: Para quem precisar de hospedagem e refeições, o Convento São Lourenço de Brindisi, dos Capuchinhos (em frente à Paróquia Santo Antônio) estará disponível.

Inscrições, programação e demais informações: serão enviadas a partir de março/2012.

Vamos nos organizar e participar desse momento especial da Família Franciscana do nosso Regional!

A todo(a)s um Feliz e Santo Natal e um Ano Novo repleto das bênçãos de nosso Bom Deus!

Fraternalmente,

Ir. Rosemaria Jaschke
p/ Equipe de Coordenação da FFB/RS